AMOR CEGO.

 

AMOR CEGO.


O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,
não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;
não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13:4-7

DEFINIÇÃO.

O dicionário da língua portuguesa atribui ao amor o seguinte significado: “O amor é um sentimento que leva a desejar o bem de outrem, afeição profunda por alguém ou algo, intensa inclinação de caráter afetivo, simpatia e amizade, zelo, cuidado”. 

O que é Paixão:

Paixão é um sentimento humano intenso e profundo, marcado pelo grande interesse e atração física da pessoa apaixonada por algo ou alguém.

A paixão é capaz de alterar aspectos do comportamento e pensamento da pessoa, que passa a demonstrar um excesso de admiração por aquilo que lhe causa paixão. A impulsividade, o desespero e a inquietação são outras características que costumam estar associadas ao sentimento de paixão.

EXPRESSÃO POPULAR;

“O amor verdadeiro enobrece, a Paixão é temporária”

“O amor é interno, a paixão visa a aparência”

“O amor é divino, a paixão é carnal”

“O fim da paixão é o desprezo”

“O amor enganoso vira ódio e vingança”

 

 

A Paixão de Cristo define que o levou a entregar-se ao sofrimento e morte pela humanidade pecadora. Os sentimentos em relação a Deus não se comparam com os sentimentos do ser humano, apesar de ser muito parecido. Lendo toda a Bíblia encontramos o relacionamento do Criador com a humanidade, sua relação com a nação de Israel e nos dias da Igreja de Cristo. Já ouvi pessoas questionarem o amor de Deus pela morte de inocentes nas guerras, pobreza extrema, fome, doenças e o inferno preparado para os desobedientes, devemos lembrar que o mal existe e tem personalidade, estudando o paralelo das escrituras aprendemos que o reino espiritual já existia antes da formação da terra e seu conteúdo, na alegoria do  edem há três pessoas; Deus, o Homem e Satanás, pulando para o livro de Jó ali está Deus, Satanás e Jó envolvendo um questionamento, na tentação de Jesus também essa presença, e há outras referências que poderíamos mencionar. Deus, a humanidade e Satanás sempre estarão em confronto enquanto existir vida na terra, até que se cumpra toda a Palavra de Deus para este universo.

 

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

 

E aí? É bom esse tema, não é? A sociedade confunde e faz uma mistura de sentimentos define sexo com o sentimento de amor, paixão com empolgação, amizade com interesses pessoais, paixão com loucuras, usam atração imoral para conquista, uma verdadeira bagunça. Meu conselho não é nada mais que o ensinamento da Bíblia em relação a vida, a esse tema.

Com base (1 Coríntios 13:4-7) texto acima, ou todo o capítulo 13 extraímos o que aqui relaciona, o amor dessa referencia bíblica está baseado no amor de Deus, ninguém cumpre aqui tudo que está escrito, na bíblia contém muitas coisas impossíveis ao homem, mas entendemos que cada pessoa tem um potencial, o meu tudo não é o seu, ou vice versa! O importante é sempre dar o máximo para obedecer a Deus e assim cumpriremos seus mandamentos.

 

O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,
não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;
não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

.

.

.

.

.

.

Veja também os vídeos no youtube - prantoniocroban





 

Um comentário:

  1. Paz do Senhor meu pastor e tio Toninho. Seus comentários sempre me trazendo edificação e crescimento. Que o Espírito Santo continue te usando com maestria e graça.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.