AS APARÊNCIAS ENGANAM


AS APARÊNCIAS ENGANAM.

O ser humano vivendo em comunidade e para que ele seja aceito e aceite as pessoas este deve se conter em seu julgamento até conhecer o julgado na integra. (Reconheça seus erros e não se esconda atrás da sua rigidez e de seus julgamentos. Augusto Cury.)


Caros leitores, nosso trabalho com este veículo de comunicação pretende ficar na esfera cristã trazendo assuntos que ajudam na interpretação e uma livre consciência.


Em nossa geração estamos a cada dia descobrindo revelações que estão mudando o comportamento dos cristãos, você irá concordar com essa interpretação; 

Menos de um século o ensinamento aos cristãos em relação a sua aparência ocupava o primeiro lugar no testemunho, com o tempo passando foi descoberto que a aparência exterior não transforma as pessoas e que a conversão tem inicio de dentro para fora. Igrejas liberais aproveitando deste conceito começaram a ignorar a santidade externa e relaxaram despencando aquela imagem que o mundo tinha dos cristãos.


Como podemos enfrentar isso? Uma grande verdade é que para todas as coisas há um limite, para o corte de cabelo, higiene pessoal, roupas, calçado e adornos como pendentes e maquiagem, entre outros costumes.


No tempo do Antigo Testamento, os judeus, a barba fazia parte do cumprimento da lei, era o sinal de varonilidade, já para os egípcios barba e cabelo comprido era sinal de imundícia, entre todas as nações havia e há uma cultura que deve ser respeitado, quando o cristão não demonstra escândalo, imoralidade, sensualidade, quem poderá julgar por ser diferente na sua aparência?


Jesus condenava a aparente santidade dos fariseus, mas no secreto praticavam pecados graves. O Novo Testamento tem ampla divulgação dos cristãos da época, o Evangelho chegava a Grécia, Roma, por toda a Ásia não interferindo em seus costumes, quando não tinha expressão do pecado não eram julgados. 


Atos 16.6-9=E, percorrendo a região frígio-gálata, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na Ásia,

7 defrontando Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não o permitiu.

8 E, tendo contornado Mísia, desceram a Trôade.

9 À noite, sobreveio a Paulo uma visão na qual um varão macedônio estava em pé e lhe rogava, dizendo: Passa à Macedônia e ajuda-nos. Paulo reconhece o varão sendo macedônio exatamente pela sua aparência. Vamos ver outra referência;-



Efésios 6.

Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.

14 Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça.

15 Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz;

16 embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno.

17 Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;


Paulo ao escrever essa mensagem estava exatamente olhando para o soldado romano que vigiava Paulo, as vestimentas identificava com um soldado romano. Nós julgamos pela aparência, mas Deus conhece o interior do homem. Veja essa passagem;


Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração. 1 Samuel 16:7


Para muitos estudantes da bíblia SANTIDADE é interpretada fora do conceito teológico, aquele que quer uma interpretação aproximadamente correta tem necessidade de analisar o contexto, pois muitas palavras no original das sagradas Escrituras estão escritas no hebraico ou grego e nem sempre faz contexto com aquilo que entendemos. Para classificar a santidade primeiro é necessário classificar o que é pecado, nem sempre uma cultura ou uma aparência significa pecado, devemos tomar muito cuidado ao fazer um julgamento segundo nosso entendimento.



Na carta de Paulo aos romanos no capítulo sete abrange sérios questionamentos em relação aos pecados da carne e a vontade do espírito. Paulo estava encarcerado e privado da vida comum das pessoas, tinha necessidades e tentações como qualquer homem e deixa claro uma contínua luta da carne e o espírito até quando o corpo morre e se separa do espírito. Se ficou curioso ao ler o capítulo lembrar que precisa de outras referências para afirmar uma doutrina.


 Porque, se nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados. 1 Coríntios 11:31

Vós julgais segundo a carne, eu a ninguém julgo. João 8:15

Pois com que direito haveria eu de julgar os de fora? Não julgais vós os de dentro?

1 Coríntios 5:12

Não julgueis, para que não sejais julgados. Mateus 7:1

Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém. 1 Coríntios 2:15

Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também. Mateus 7:2

Ou não sabeis que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deverá ser julgado por vós, sois, acaso, indignos de julgar as coisas mínimas? 1 Coríntios 6:2

E por que não julgais também por vós mesmos o que é justo?

Lucas 12:57

Eu, porém, vos digo que todo aquele que [sem motivo] se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo. Mateus 5:22

O dom, entretanto, não é como no caso em que somente um pecou; porque o julgamento derivou de uma só ofensa, para a condenação; mas a graça transcorre de muitas ofensas, para a justificação. Romanos 5:16

Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. Quer, pois, vivamos ou morramos, somos do Senhor.

9 Foi precisamente para esse fim que Cristo morreu e ressurgiu: para ser Senhor tanto de mortos como de vivos.

10 Tu, porém, por que julgas teu irmão? E tu, por que desprezas o teu? Pois todos compareceremos perante o tribunal de Deus.

11 Como está escrito: Por minha vida, diz o Senhor, diante de mim se dobrará todo joelho, e toda língua dará louvores a Deus.

12 Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.

13 Não nos julguemos mais uns aos outros; pelo contrário, tomai o propósito de não pordes tropeço ou escândalo ao vosso irmão

Romanos 14

.
.
.
.
.
.
.

.
VEJA TAMBÉM NO YOUTUBE - prantoniocorban

 





 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.