Christmas/ Natal

Christmas.

O Natal é comemorado dia 25 de Dezembro pela maioria dos países considerados cristãos. Sob o jugo do sistema romano e religião predominante na época todas as datas comemorativas e dentro da religião estavam sujeitas a imposição do sistema católico medieval. Não há registros que provem a data do nascimento de Jesus, nem os romanos ou judeus estavam interessados nesse evento, qualquer que era aclamado rei fora do sistema romano era morto, e os judeus esperavam um cristo rico e decidido a acabar com a imposição de Roma.

 

DEFINIÇÃO.


Significado de Natal

 

substantivo masculino Dia de nascimento; o dia em que alguém nasce. Liturgia. Festa em louvor ao nascimento de Jesus Cristo, celebrada no dia 25 de dezembro, estabelecida pela igreja ocidental desde o século IV e pela igreja oriental desde o século V; geralmente grafado com inicial maiúscula.

 

Fonte= https://www.significados.com.br/natal/


O Natal é a data em que os cristãos comemoram o nascimento de Jesus Cristo. Durante muitos anos após seu nascimento, essa comemoração era feita em dias diferentes, pois não se sabia a data exata de seu nascimento.


Foi somente no século IV que se estabeleceu a comemoração do natal no dia 25 de dezembro, pelo Papa Julius.


Além da inexistência de documentos históricos (Não a Bíblia) que confirmem a data de nascimento de Cristo, uma das explicações para a escolha do dia 25 eram as festas pagãs que costumavam ser realizadas nesse dia.


Essa era a data em que os romanos comemoravam o solstício de inverno. A celebração era uma homenagem ao Deus Sol (natalis invicti solis) e era o momento em que os romanos pediam por fartura.


Anos mais tarde, o Deus Sol foi substituído por Mitra, um Deus da mitologia grega.


Além desses rituais, outra celebração que pode ter influenciado a definição da data do Natal é o Yule ou Jól, uma comemoração realizada pelos nórdicos da Era Viking, também em celebração ao solstício de inverno.


Acredita-se que a escolha do dia 25, portanto, era uma forma de conseguir mais adeptos ao cristianismo, utilizando-se de algumas referências dos rituais pagãos.


Saiba quem eram os pagãos e o que significa solstício de inverno.

 

ÍCONES DO NATAL QUE FORAM CRIADOS E COM SIGNIFICADO.


Árvore de Natal.


A árvore de Natal é um dos símbolos mais populares do Natal. Há muitas versões sobre a associação da árvore ao Natal. Uma delas é que o formato triangular do pinheiro representaria a Santíssima Trindade.


O costume de trazer árvores para dentro de casa e enfeitá-las data da antiguidade, mas começou a ser utilizada pelos cristãos por volta de 1500, com Martinho Lutero.


O VELHINHO NOEL


Para o mundo materialista o Noel é um dos símbolos mais importantes do Natal. Sua criação foi inspirada no bispo São Nicolau, que costumava ajudar as pessoas pobres e foi canonizado pela Igreja Católica.


O Noel envolve Idolatria, Magia, também o espírito materialista ou comercial de um cristianismo falso. Inclusive é uma mentira para assustar as crianças para serem boazinhas no natal. Na minha opinião deveria mudar o Dia da Mentira em primeiro de abril, para o dia do Noel.


A primeira imagem do Papai Noel foi desenhada pelo alemão Thomas Nast, no final do século XIX. Esse desenho inspirou Haddon Sundblom, o desenhista que criou o Papai Noel para as publicidades da Coca-cola.


As propagandas do refrigerante foram responsáveis por popularizar a imagem do Papai Noel como conhecemos hoje.

 

Presentes de Natal

A tradição dos presentes do Natal é inspirada na história dos Três Reis Magos, que levaram ao menino jesus ouro, mirra e incenso de presente.


Se Jesus nascesse hoje certamente os Magos levariam; Um, Celular última geração, outro uma assinatura anual da Netflix, e outro um carro zero Km. Daí em diante.


Velas de Natal


 

Há uma lenda de que na Alemanha, um senhor costumava colocar velas nas janelas para iluminar os caminhos dos viajantes que se perdiam. Essa tradição se mesclou com o símbolo de jesus, que seria aquele que iluminaria os caminhos da humanidade, que a tiraria das trevas.

 

 

PRESÉPIO.

A tradição do presépio foi iniciada por São Francisco de Assis no século 13, quando ele reproduziu a cena do nascimento de Jesus Cristo com objetos. De origem hebraica, a palavra presépio significa manjedoura de animais ou estábulo. Fazer imagens sempre foi uma habilidade romana.


 

GUIRLANDAS

As guirlandas são feitas de ramos verdes e frutas vermelhas. Acredita-se que elas sejam uma referência à coroa usada por cristo durante sua crucificação e que as frutas vermelhas simbolizem o sangue.


Hoje as guirlandas costumam ser penduradas nas portas das casas e simbolizam um convite para que o espírito natalino entre na casa.

 

 

CEIA

As ceias de Natal são tradições que vêm dos povos antigos europeus, que costumavam fazer banquetes para celebrar os alimentos e a fartura do ano.


As ceias de Natal hoje costumam ser realizadas na noite do dia 24 de dezembro e são uma das ocasiões mais importantes para a reunião das famílias cristãs.

 

 

NATAL.

Ficamos alegres comemorando o nascimento de Jesus, mas procuramos o mais possível que a Bíblia registra. Como a maioria dos estudantes sabem há uma grande diferença do calendário Lunar (dos judeus) para o calendário Gregoriano, os cientistas cristãos afirmam que a causa foi o seguinte; O relógio do Rei Acaz retrocedeu e Josué parou o sol (A rotação da terra) por um dia, com isso houve uma interferência no calendário desestabilizando o planeta. Na minha opinião o Deus que criou todo o universo não colocaria a terra em seu devido lugar? A interpretação é um pouco confusa, sei que esse calendário gregoriano é uma bagunça, mês com 30, 31, 28, 29, as coisas do Criador são perfeitas, esquadrinhadas, bem calculadas.


Quer saber? Jesus para nos salvar teve que nascer entre nós pra depois morrer e aleluia, todos entram nesse clima de Natal, comida, presentes, reuniões familiares, só não pode pecar, se alguma coisa atinge sua consciência faça como achar melhor.

 

 

 



 

 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.